LULA DIZ QUE “NINGUÉM PRECISA SABER” VOTOS DE MINISTROS DO STF


 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sugeriu, nesta terça-feira (5), o sigilo de votos de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) para não criar “animosidade”. A fala vem depois de Cristiano Zanin, indicado por Lula, ser criticado pela esquerda por dar votos contrários às ideias desse grupo político.

– A sociedade não tem que saber como vota um ministro da Suprema Corte. Eu acho que o cara tem que votar e ninguém precisa saber. Votou, maioria, 5 a 4, 6 a 4, 3 a 2. Não precisa ninguém saber se foi o Uchôa que votou, o Camilo que votou. Porque aí, cada um que perde fica com raiva e cada um que ganha fica feliz – disse o presidente.

Ele deu as declarações no programa Conversa com o Presidente, uma espécie de live semanal de Lula produzida pela EBC. Uchôa, referido pelo presidente, é o jornalista Marcos Uchôa, apresentador do programa. Camilo é Camilo Santana, ministro da Educação, que participou da edição desta terça.

– Para a gente não criar animosidade, eu acho que era preciso começar a pensar se não é um jeito de a gente mudar o que está acontecendo no Brasil. Porque do jeito que vai, daqui a pouco, o ministro da Suprema Corte não pode mais sair na rua – declarou o petista.

Hoje, os votos dos ministros não só são públicos como transmitidos pela TV Justiça em julgamentos. O material é reproduzido na imprensa e nas redes sociais.

Fonte: Pleno News



Postagens relacionadas

STF 3440595161244350449

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item