IPUPIARA COMEMORA 59 ANOS COM MUITAS ATIVIDADES DA GINCANA CULTURAL - MUITA EMOÇÃO E ENVOLVIMENTO

Desde o dia 24 do mês passado, com o início da “Gincana Cultural”, que as famílias de Ipupiara vivem o clima cívico de aniversário da cidade. A culminância aconteceu durante todo o dia hoje, 9. Foi nesta data/dia, do ano de 1958, que o então governador da Bahia, Antonio Balbino, sancionou a lei 1.015, criando o município de Ipupiara.
Para celebrar o 59º aniversário de emancipação politica e administrativa, a Rede Municipal de Ensino promoveu a gincana envolvendo diversas atividades esportivas e culturais, perpassando pelos aspectos históricos, especialmente os concernentes aos fatores sociais, ambientais, políticos e econômicos.
Na programação, participaram diversas autoridades, lideranças políticas, religiosas, empresariais e comunitárias. 
Durante a abertura das atividades realizadas na tarde de hoje, vereadores, secretários, o vice-prefeito Vande Preto, a presidenta da Câmara Marlene Gomes e o prefeito Ascir Leite, participaram do ato, quando o prefeito saudou todos os presentes e participantes, ressaltando a importância do evento para celebrar a independência de Ipupiara.
De acordo com Ascir, o município vem se desenvolvendo bastante, graças ao empenho do seu povo trabalhador e compromisso de agentes públicos que se deicam a trabalhar pela população, na promoção de melhor qualidade de vida e desenvolvimento social e econômico. 
Ele aproveitou e agradeceu a confiança do povo de Ipupiara que o reconduziu ao comando do município pela terceira vez. “Estou feliz e comprometido em realizar uma das melhores gestões de nossa história, com apoio dos vereadores, da minha equipe de governo e todas as comunidades”, disse o prefeito à reportagem, logo após o seu pronunciamento. Ele complementou dizendo que o atual governo está trabalhando firme para melhorar a infraestrutura da cidade, da Vila e demais comunidades, levando abastecimento de água, energia, tecnologia da informação, segurança eletrônica, mais educação, saúde e assistência social.
CULMINÂNCIA DA GINCANA – Os diversos desafios promovidos pela gincana para as equipes participantes permitiram que toda a população se envolvesse, estabelecendo um resgate significativo da linha do tempo do município, a partir de amostras de artes com recitais de poesia, cantigas de roda, paródias, exposições de objetos antigos e muitas outras atrações.
A participação efetiva das pessoas, de todas as gerações, foi marcante. A emoção tomou conta dos mais velhos, que frente a tanto desenvolvimento tecnológico, relembraram os tempos da mocidade com as brincadeiras populares resgatadas pelas pesquisas dos estudantes.
Utensílios domésticos e equipamentos utilizados antigamente nas atividades agrícolas fizeram parte das memórias tecnológicas expostas, bem como uma cápsula de canhão utilizada pelo Exército durante a Ditadura Militar, por ocasião da caça aos comunistas, os mártires imortalizados no memorial de Pintadas, onde tombaram Zequinha Barreto e Capitão Carlos Lamarca, que lutaram pela retomada do Estado de direito democrático do Brasil, no final da década de 70.
Conhecida pela riqueza dos diamantes no século passado e pelos cristais de rocha na atualidade, Ipupiara é palco de instrumentos tecnológicos na exploração das suas potencialidades naturais. Hoje já se fala em parques de energia eólica, mas eram avanços importantes em décadas passadas, uma mine balança para pesar diamantes, que despertou bastante atenção dos mais jovens hoje à tarde, assim como ferros e um Bog de acender fogo, considerados extremamente úteis pelos antepassados.
OS CAMPEÕES - Participam da gincana quatro equipes de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3ºano do Ensino Médio, das escolas municipais Dr. Arnaldo Santana, Antonio Carlos Magalhães, Colégio Municipal Nenildo Andrade Leite e o Colégio Democrático Estadual Castro Alves.
Após o somatório dos pontos conquistados durante os 17 dias de atividades da “Gincana Cultural”, que promoveu diversos sabres e reconhecimento das histórias dos povoados e do município de Ipupiara, teve-se a seguinte grade de resultados: 1º lugar Colégio Nenildo Andrade Leite – 3.890 pontos; 2º lugar: CDECA – 3590 pontos; 3º Lugar: Arnaldo Santana – 2150 pontos e em 4º lugar: Antonio Carlos Magalhães – 1.360 pontos.

HISTÓRIA 
Tem muitos momentos marcantes na história de Ipupiara, o que daria uma matéria bastante extensa. Quem desejar pode ler a obra do escritor Arides Leite, “Ipupiara e Ibipetum – história de lutas na Chapada Diamantina”, ou acessar https://pt.wikipedia.org/wiki/Ipupiara 
De acordo com registros disponíveis na internet, nota-se algumas passagens interessantes. “Várias pessoas se destacaram na luta (pela emancipação de Ipupiara), sob a liderança do Coronel Arthur Ribeiro dos Santos, cooperado pela equipe composta por Arlindo Alves de Almeida, Adão Francisco Martins, Aristides Pereira de Novais, Aristides Silva, Durval Sodré, José Antônio dos Santos, José Avelino, José de Almeida Sobrinho, Miguel Barreto, Osvaldo Leite da Silva e outros.

Confira todas as fotos do evento...



















































































































































































































































































Fotos Divulgação O Cristal
Da Redação, 09/08/2017

Postagens relacionadas

Região 7879757184048765534

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros













Mais acessadas

Seguidores

item