Bahia é o segundo estado com mais pessoas vivendo sem banheiro em casa

 


Mais de 182 mil pessoas vivem em domicílios que não têm banheiro na Bahia, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Ibge). O estado é o segundo com mais pessoas vivendo nessas condições, atrás somente do Maranhão. Na Bahia, a proporção de pessoas sem banheiro em casa é de 1,3%, maior do que a média nacional (0,6%).Os dados fazem parte do Censo 2022 e dizem respeito ao módulo Características dos Domicílios. Segundo as informações, a situação da Bahia melhorou em todos os 417 municípios baianos. Em 2010, a proporção de moradores em domicílios era de 8,6%.

Apesar disso, as desigualdades regionais ficam evidentes nos resultados da pesquisa. Em Salvador, apenas 0,02% da população vive em residências sem banheiro - o que representa 476 pessoas, segundo o Ibge. 

Enquanto isso, essa continua sendo a realidade para proporções expressivas das populações de algumas cidades, como Pilão Arcado, onde 21,1% dos habitantes não têm sanitários em casa. Também são destaques negativos Chorrochó (19%) e Pedro Alexandre (16,4%).

“A carência de algo tão básico como o acesso ao banheiro nas residências compromete a saúde da população, principalmente em jovens e idosos. Isto é, uma vez que os habitantes ficam expostos a essa realidade precária se torna mais propício contrair doenças associadas à falta de saneamento”, pontua o Instituto Trata Brasil, que desde 2007 publica estudos sobre saneamento básico no Brasil.

Fonte: Bahia 24 horas

Postagens relacionadas

Região 8191157180865252472

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item