EVALI: DOENÇA CAUSADA PELO USO DE CIGARRO ELETRÔNICO MATA MULHER NA BAHIA

 




Uma mulher de 34 anos, da cidade de Juazeiro, no norte da Bahia, morreu em decorrência de uma grave lesão pulmonar causada pelo uso de cigarro eletrônico (vape). A doença é identificada como Evali, uma sigla. A história foi contada pelo Profissional Repórter, programa semanal da TV Global.


A doença que matou Crisleide causou quase 13 mil internações e 68 mortes nos Estados Unidos entre os anos de 2019 e 2020.

“Logo no início, a gente fez uma endoscopia pulmonar e lá no pulmão dela, eu consegui tirar um pouco de secreção e biopsiar. Os fragmentos tinham muitas células cheias de gordura, como as causas de biopsia lá nos Estados Unidos em 2019”, explica o médico David Coelho, que fez o diagnóstico.

O irmão de Crisleide, Cícero Tavares, contou que ela usou o cigarro por pouco mais de três meses e esporadicamente. “Acho que há uns três anos, o povo tinha essa curiosidade e começaram a usar um pouquinho, mas usava. Só quando tinha um churrasco no final de semana. Nunca fumou cigarro, não”, conta.

Fonte: Ibahia.com

Postagens relacionadas

saúde 29227260496457141

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item