IPUPIARA: GRANDE CARREATA PARA RECEPCIONAR A IMAGEM DE NOSSA SENHORA APARECIDA

Por trinta dias, a imagem da Padroeira do Brasil vai visitar as comunidades de Ipupiara
Em peregrinação por todo o Brasil, por ocasião das atividades do Ano Mariano, em celebração aos 300 anos do seu encontro no Rio Paraíba do Sul, em Guaratinguetá-SP, a imagem da Nossa Senhora Aparecida desembarcou na tarde deste domingo, 23/04, na cidade de Ipupiara, onde vai permanecer por 30 dias.
O ato religioso reuniu lideranças católicas de diversas comunidades do município para receber a caravana que veio de Ibotirama, liderada pelo Padre Deivison Jossy, passando por Sodrelândia e sendo recepcionada por diversos fiéis, que saiu em uma carreata da Cruz Vazada, percorrendo pelas ruas de Ipupiara, até a frente da Igreja Católica, onde ocorreu uma Missa Campal, em programação dirigida pelo líder da Paróquia São João Batista, o padre Márcio Benevides.
Participaram das atividades lideranças religiosas, empresariais e políticas. O prefeito Ascir Leite, o vice-prefeito Vande Preto e a presidenta da Câmara Marlene Gomes acompanharam todo o cortejo. As irmãs Anália de Souza e Maria Teresinha Paulino, da Paróquia de Ipupiara, Martinha e Odila da Paróquia de Ibotirama, colaboraram no desenvolvimento da programação religiosa.
“É um momento de Ação de Graças, pois pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, inúmeros benefícios caem sobre todo o Brasil”, destacou o Padre Márcio em mensagem oficial da Igreja.
Ascir Leite disse que está sendo “um momento importante, que marca a programação celebrativa dos 300 anos da Padroeira do Brasil em nossa cidade”. 
A imagem da Santa vai visitar todas as comunidades coordenadas pela Paróquia São João Batista, de Ipupiara.

CONHEÇA UM POUCO MAIS - Em 1717 três pescadores, após frustrada tentativa de apanhar peixes no rio Paraíba do Sul perto de Guaratinguetá (SP), colheram em suas redes o corpo de uma estátua de Maria SS. e, depois, a cabeça da mesma. A este fato se seguiu farta pescaria, que surpreendeu os três homens. Tendo limpado e recomposto a imagem, expuseram-na à veneração dos fiéis em casas de família.

Verificaram-se, porém, alguns portentos, que chamaram a atenção do Pe. José Alves Vilela, pároco de Guaratinguetá. Este então decidiu construir para a Santa Mãe uma capela capaz de satisfazer ao crescente número de devotos da Virgem. Tal capela foi substituída por outra maior no morro dos Coqueiros em 1745, morro que tomou o nome de “Aparecida” (hoje cidade de Aparecida do Norte). Em 1930 o Brasil foi solenemente consagrado a Nossa Senhora Aparecida pelo Cardeal D. Sebastião Leme na presença do Sr. Presidente da República e de numerosas autoridades religiosas, civis e militares.
 
 Em 1846 foi iniciada a construção de templo mais vasto, que ainda hoje subsiste. No ano de 1980 foi concluída monumental basílica, alvo de peregrinações numerosas durante o ano inteiro. 
Os acontecimentos de fins de 1995 chamaram a atenção para Maria Santíssima tal como é venerada em Aparecida do Norte (SP) e no Brasil inteiro na qualidade de Padroeira do nosso país. 

Sabe-se que tal devoção se deve a uma pesca surpreendente cercada de fatos extraordinárias, que suscitaram a piedade dos fiéis da região de Guaratinguetá e, posteriormente, a da população de todo o Brasil. Em 1930 a Virgem Santíssima foi proclamada Padroeira do Brasil sob o título de Nossa Senhora da Conceição Aparecida (ou Nossa Senhora Imaculada em sua Conceição e Aparecida nas águas do rio Paraíba do Sul) – Fonte: (Derradeiras Graças)

Confiram fotos...





 











Fotos Divulgação
texto atualizado 23:18
Da redação, 23/04/2017

Postagens relacionadas

Ipupiara 7131776194015182103

Postar um comentário Default Comments

  1. INESQUECIVEL...MARCANTE! VIVA A MAE DE DEUS E NOSSA!

    ResponderExcluir
  2. A cidade do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, chama-se APARECIDA - SP e não APARECIDA DO NORTE - SP como mencionado na reportagem.

    ResponderExcluir
  3. O surgimento da atual cidade de Aparecida está ligado diretamente com a passagem de Dom Pedro de Almeida, conde de Assumar e governante da Capitania de São Paulo e Minas de Ouro, pela então Vila de Guaratinguetá,[7][8] durante uma viagem até Vila Rica em outubro de 1717.[9] A população decidira realizar uma festa em homenagem à presença da autoridade e, apesar de não ser temporada de pesca, os pescadores lançaram seus barcos no Rio Paraíba do Sul com a intenção de oferecerem peixes ao conde.[7][8] Os pescadores Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso rezaram para a Virgem Maria e pediram a ajuda de Deus e após várias tentativas infrutíferas, desceram o curso do rio até chegarem ao local conhecido como Porto Itaguaçu, já prestes a desistirem da pescaria, até que João Alves jogou sua rede novamente e em vez de peixes, apanhou o corpo de uma imagem de Nossa Senhora, sem a cabeça. Ao lançar a rede novamente, apanhou a cabeça da imagem,[7][8] que foi envolvida em um lenço.[9]

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros













Mais acessadas

Seguidores

item