SEGUNDO PESQUISA, MAIS DA METADE DOS NORDESTINOS RELATAM TER TIDO DENGUE




 Uma pesquisa inédita encomendada por uma biofarmacêutica sobre o atual cenário da dengue no Brasil sob a perspectiva da população, revelou que dos entrevistados na região Nordeste, 48% revelaram que já tiveram dengue e 85% conhecem alguém que teve a enfermidade. O alto índice pode estar relacionado ao fato da região ser hoje a terceira mais endêmica do país, segundo dados epidemiológicos do Ministério da Saúde. De acordo com a pasta, na região Nordeste os números de casos registrados em 2023 chegam a quase 158 mil e 66 mortes.

“Apesar da maioria dos entrevistados do Nordeste (97%) acreditar que a dengue pode ser evitada, apenas 65% dos que tiveram dengue afirmam ter realizado alguma mudança na sua casa ou rotina, como forma de prevenção e combate à doença”, comenta Juliana Siegmann, do Instituto Ipsos.

Além disso, 91% das pessoas acreditam que a dengue pode levar à morte e o mesmo percentual (91%) buscaria cuidados especializados se desconfiasse que estavam com dengue. Entre as principais opções estão procurar um médico, marcar uma consulta ou ir a um posto de saúde. “Isso mostra que a preocupação com a gravidade da doença é muita alta entre as pessoas, o que auxilia na ampliação da conscientização do tema e o conhecimento sobre todas as medidas de prevenção existentes”, comenta Vivian Lee, diretora médica da Takeda Brasil.

Outros 70% lembraram da dengue quando questionados sobre quais surtos de doenças são recorrentes no Brasil, mas somente 25% acreditam que o número de casos aumentou entre 2022 e 2023.Em relação às formas de contágio, 76% dos entrevistados associam a transmissão da doença à picada do mosquito. outro registro foi de que 47% não se sentem seguros quanto à possibilidade de contrair a dengue. Já 67% não sabem quantas vezes uma pessoa pode pegar dengue.

PESQUISA

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 de junho a 31 de julho de 2023, com 2 mil pessoas, acima de 18 anos, de todas as classes sociais e regiões do país, por telefone. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.


Fonte: Bahia Notícias

Postagens relacionadas

saúde 6583309625417038482

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros

 












 


 



 

 


 


Mais acessadas

item