MÉDICO BAIANO MORTO A TIROS NO RIO DE JANEIRO TERIA SIDO CONFUNDIDO COM MILICIANO

 


O assassinato de três médicos na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, registrado na madrugada desta quinta-feira (5/10), teria sido uma execução por engano, segundo fontes ligadas ao caso ouvidas pelo Metrópoles.

Apesar de não descartar outras hipóteses, a Polícia Civil do Rio tem uma linha de investigação principal: o médico Perseu Almeida teria sido confundido por traficantes que pretendiam matar o miliciano Taillon de Alcântara Pereira Barbosa, filho do Dalmir, apontado como chefe da milícia de Rio das Pedras. O miliciano mora próximo ao quiosque e foi solto da cadeia neste ano.

Fonte: Metrópoles

Postagens relacionadas

MÉDICOS 86097094832229007

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item