PRODUTOS BAIANOS PREMIADOS QUALIFICAM TURISMO DE EXPERIÊNCIA NO ESTADO

 

As atrações da Bahia vão além das belezas naturais, do patrimônio histórico e cultural e das comidas típicas das 13 zonas turísticas. Produtos genuinamente baianos, como chocolate, queijo e cachaça, premiados no Brasil e no exterior, têm qualificado a gastronomia de experiência em algumas regiões, com incentivos da Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA).

No International Chocolate Awards (2023), o principal concurso do segmento no mundo, quatro marcas baianas ficaram entre as melhores das Américas: Jú Arléo Chocolates, Benevides Chocolates e Martinus Chocolates (Costa do Cacau) e a Luzz Cacau (Caminhos do Sudoeste), sendo que esta última já tinha conquistado o Selo Ouro de Referência Nacional & Gastronomia (2023).

“Eventos com o apoio da Setur-BA têm ajudado nossa marca a crescer. Participamos de alguns festivais, consolidando presença junto aos consumidores do mundo, além de colaborar para o desenvolvimento de Iguaí, município onde atuamos. Tem crescido a procura por visitação a fábricas de chocolate”, relata a fundadora da Luzz Cacau, Josiane Santana.

Outra história de sucesso internacional é o queijo Coração de Massapê, produzido na Fazenda Licurizal, em Santanópolis (Caminhos do Sertão), que já recebe turistas. O laticínio faturou a primeira medalha baiana no exterior, com o bronze no Mundial do Queijo de Tours (2023), na França, um dos mais importantes concursos internacionais de derivados do leite. A marca coleciona ainda a medalha de ouro no Mundial, realizado em São Paulo (2022).

“Espero continuar essa caminhada, levando o nome da Bahia para o mundo e impulsionando uma cadeia produtiva tão importante. O meu produto e outros queijos artesanais têm potencial para atrair um grande número de visitantes. Imagino um roteiro de norte a sul do estado”, pontua o proprietário da Fazenda Licurizal, João Campos.

Cachaças baianas conquistaram prêmios nacionais e internacionais, o que provocou o surgimento de roteiros turísticos, principalmente, na Chapada Diamantina, onde os visitantes podem acompanhar todo o processo de fabricação da bebida.

A Costa das Baleias também tem se destacado. Na Fazenda Cio da Terra, localizada na região, é produzida a cachaça Matriarca, que já conquistou medalhas de ouro em competições mundiais, nos Estados Unidos e na Bélgica, além de premiações no Brasil. “Nossos produtos podem ser encontrados em quase todos os aeroportos brasileiros. Estamos entre as melhores marcas, em disputas nacionais e fora do país”, ressalta o produtor da Matriarca, Alberto Pinto.

Fonte: Chapada News

Postagens relacionadas

Região 6117201126271539307

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros

 












 


 



 

 


 


Mais acessadas

item