DESEMPREGO CAI PARA 7,8% EM AGOSTO E É O MENOR DESDE 2015, DIZ IBGE

 




A taxa média de desemprego no Brasil ficou em 7,8% no trimestre móvel encerrado em agosto deste ano, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgados nesta sexta-feira (29/9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em julho de 2023, o índice havia ficado em 7,9%.

O desemprego recuou 1,1 ponto percentual em relação ao mesmo período do ano passado, quando estava em 8,9%. Trata-se da menor taxa de desemprego desde o trimestre móvel terminado em fevereiro de 2015.

A taxa de desemprego veio em linha com as estimativas do mercado. O consenso Refinitiv, que reúne as principais projeções, estimava um índice de desocupação exatamente de 7,8%.

A população desocupada (8,4 milhões) recuou tanto na comparação trimestral (-5,9%) quanto na anual (-13,2%).

Já a população ocupada (99,7 milhões) cresceu 1,3% em relação ao trimestre anterior e 0,6%, na comparação com o mesmo período de 2022.

Ao contrário do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que considera apenas os trabalhadores com carteira assinada, a pesquisa do IBGE mede a taxa de desemprego entre todos os trabalhadores na economia, incluindo o mercado informal.

Fonte: Metrópoles

Postagens relacionadas

IBGE 744502728390931795

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros

 












 


 



 

 


 


Mais acessadas

item