BRASILEIROS QUE MORAM SÓ NÃO RECEBERÃO O BOLSA FAMÍLIA? ENTENDA AS MUDANÇAS

 



Uma nova regra do Bolsa Família entrou em vigor a partir deste mês. Por meio de uma portaria publicada pelo Governo Federal, os municípios precisam respeitar um limite de 16% de famílias unipessoais na folha de pagamentos do programa.

A medida tem como objetivo corrigir distorções em decorrência do aumento expressivo no número de inscrições de famílias compostas por apenas uma pessoa nos últimos anos. A determinação do percentual teve como base a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua).Portanto, os municípios que verificarem a existência de 16% de famílias unipessoais sendo contempladas pelo Bolsa Família, ficam impossibilitados de adicionar novos beneficiários com o mesmo desenho familiar. 

Pessoa que mora sozinha pode receber o Bolsa Família?

As pessoas que moram sozinhas, o que constitui uma família unipessoal, podem receber o Bolsa Família. Para isso, entretanto, ela precisa atender ao critério de renda determinado pelo novo desenho do programa. Atualmente, direciona-se o auxílio Quando os órgãos encontram inconsistências nos dados do Cadastro Único (CadÚnico), os cidadãos podem ter o benefício suspenso e até mesmo cancelado. Para evitar, então, esse tipo de situação, é preciso regularizar as informações. Antes disso, porém, o programa envia notificações por meio do aplicativo (disponível para Android e iOS) ou mensagens via SMS do beneficiário.

Bloqueio do benefício 

Se uma família composta por apenas uma pessoa atende aos critérios do programa e mesmo assim tem o benefício bloqueado, é necessário tomar algumas medidas para evitar o cancelamento permanente do pagamento aos lares com renda mensal per capita de até R$ 218.


Fonte: seucreditodigital.com.br

Postagens relacionadas

Brasil 8145345253618230768

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item