Familiares e amigos de bolsonarista morto na Bahia protestam pedindo por justiça

  


 Familiares e amigos de Marcello Leite Fernandes, de 39 anos, morto a tiros na última quinta-feira (21), na rodovia BA-160, em trecho da cidade de Ibotirama, no oeste da Bahia, fizeram um protesto na tarde desta quarta-feira (27), pedindo por justiça para o caso.

Através de cartazes, eles cobravam respostas para o assassinato, ocorrido há quase uma semana. Um dos materiais pedia a ajuda do presidente Jair Bolsonaro (PL) na investigação do crime. "Presidente Bolsonaro, nos ajude a fazer justiça no caso Marcello Fernandes", dizia.

Assassinato

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que Marcello foi morto na última quinta-feira. Na gravação, é possível ver que Marcello cumprimenta um rapaz que estava sentado na calçada e, em seguida, entra em seu carro vermelho.

Segundos depois, dois homens em uma motocicleta, ambos usando capacete, se aproximam do veículo e atiram contra ele, fugindo logo na sequência. 

Em seu Twitter, no último domingo (24), o ex-secretário de fomento à Cultura do governo Bolsonaro e pré-candidato a deputado federal pelo PL na Bahia, André Porciúncula, publicou uma foto em que Marcello aparece com uma camisa com desenho do presidente e afirmou que "há uma forte suspeita" de o crime ter motivação política.

Fonte: Bnews 

Postagens relacionadas

Região 4286037255779380998

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











Mais acessadas

item