Ford decide fechar três fábricas no Brasil e encerrar toda a produção local

 As operações de Camaçari, na Bahia, de Taubaté, interior de São Paulo, e da Troller, no Ceará, serão fechadas ainda em 2021


A montadora americana Ford decidiu encerrar toda a sua operação fabril no Brasil, pegando de surpresa fornecedores, concorrentes, funcionários e os governos das localidades onde está instalada. Em comunicado ao público na tarde desta segunda-feira (11), a montadora informou que irá atender os clientes por meio das operações da Argentina, do Uruguai e de outros mercados.

A companhia deve encerrar ainda em 2021 as operações das fábricas de Camaçari, na Bahia e de Taubaté, no interior de São Paulo, além da unidade da Troller em Horizonte, no Ceará. A Ford não é só a pioneira global da indústria automobilística, como também a primeira montadora a instalar uma operação fabril no Brasil em 1919, no centro da capital paulista.

Cerca de 5 mil funcionários devem ser demitidos no país. Ao todo, a Ford Brasil tem 6.171 funcionários, sendo 1.652 em Taubaté, São Paulo e Tatuí; 4.059 na Bahia e 460 no Ceará. Algumas centenas de trabalhadores devem ser mantidos na sede da companhia, no estado de São Paulo.

“A Ford encerrará a produção à medida em que a pandemia de covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e da redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”, disse a montadora em nota. No comunicado, a companhia afirma que a marca atenderá a região “com seu portfólio global de produtos” e que planeja “acelerar o lançamento de diversos novos modelos conectados e eletrificados”.

A produção será encerrada imediatamente em Camaçari e Taubaté. A fabricação de peças será mantida por alguns meses para garantir disponibilidade dos estoques de pós-venda, segundo a empresa. O Centro de Desenvolvimento de Produto, na Bahia, o Campo de Provas, em Tatuí, interior de São Paulo. A fábrica dos jipes Troller, em Horizonte, continuará operando até o quarto trimestre de 2021.

Como resultado da decisão, a Ford encerrará as vendas do SUV EcoSport, do compacto Ka e da Troller T4 assim que acabarem os estoques no mercado brasileiro.

O encerramento das operações no Brasil vão custar à montadora 4,1 bilhões de dólares em despesas não recorrentes, como verba de rescisão de contrato de funcionários, baixa de créditos fiscais, depreciação acelerada e amortização de ativos fixos.

Fonte: Exame

Postagens relacionadas

Publicidade 4469439005474545002

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











Mais acessadas

Seguidores

item