Prefeito de Irecê rebate críticas de deputado sobre perda de convênio de R$ 15 milhões

O atual prefeito e presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável de Irecê, Luizinho Sobral (PTN), rebateu as acusações feitas pelo deputado Valmir Assunção (PT), de que o município do centro-norte baiano teria perdido um convênio de R$ 15 milhões por irregularidades da prefeitura. “É estranho que o deputado, em discurso na Câmara Federal ontem [quarta-feira, 19], fale sobre o cancelamento, sendo que até o momento o Consórcio não foi notificado de nenhuma decisão do Ministério de Desenvolvimento Social", defendeu-se, em nota enviada ao Bahia Notícias. Sobral explicou ainda que “diversas irregularidades foram encontradas na execução do convênio no exercício 2012, como licitações 10% acima do orçado pelo plano de trabalho do MDS, pagamentos irregulares, dentre outras, que inclusive já são alvo de um inquérito civil, sob o nº 1.14.012.000023/2013-67, movido pelo Ministério Público Federal”. Sobre possíveis débitos com fornecedores, o prefeito informou que todas as despesas regulares do convênio estão quitadas. Na última terça-feira (18), Luizinho Sobral esteve em Brasília ao lado do presidente da União de Prefeitos da Região de Irecê (Unipi), Wilson Monteiro (PT), e do deputado federal, João Carlos Bacelar (PR), para um encontro na sede do Ministério do Desenvolvimento Social. “A presidente Dilma tem como objetivo implementar o programa de construção de cisternas no semiárido e não cancelar. Tenho certeza que teremos um desfecho positivo”, finalizou Luizinho Sobral.
fonte: bahianoticias

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros













Mais acessadas

Seguidores

item