Ford troca São Bernardo do Campo por Camaçari para fabricar o substituto do Ka

Bahia ta com Moral: solenidade com o neto do fundador da Ford em Camaçari
na Bahia, mais 3 ministros e 250 jornalistas do mundo inteiro.

Com certeza os metalúrgicos do ABC e o presidente Lula não estão gostando dessa decisão da Ford Motors do Brasil em ter deixado a velha fábrica paulista para fabricar o Ka Concept nas modernas plataformas das instalações do  Complexo Industrial Ford Nordeste – Camaçari.
Agora Camaçari ampliará sua produção para 300.000 unidades/ano, consolidando também a qualidade do Centro de Engenharia com a apresentação de mais um carro global (o primeiro foi o EcoSport), dotado de câmbio manual e 3 opções de motor, em uma boa comemoração que contou com as presenças dos presidentes do Conselho Mundial da Ford Bill Ford), Ford nas Américas (Joe Hinrichs) e Ford América do Sul (Steven Armstrong), governador Jaques Wagner, ministros César Borges (Transportes),  Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) e das Cidades, Agnaldo Ribeiro.
Um pouco de história - Exatamente no dia 14 de dezembro de 2007, após muitas conversações, a direção da Ford aceitou a proposta do então governador José Serra para, pressionado por Lula,  conceder incentivos de 90% sobre os R$ 350 milhões, em forma de devolução de impostos, que a montadora investiria para produzir o carro popular no ABC, evitando a anunciada demissão em massa dos trabalhadores.
Por isso, Lula convocou cerca de 1.000 metalúrgicos para aplaudir o governador tucano e ver a plataforma do velho Fiesta servir para fabricar um Ka já  totalmente reestilizado pelo novo Centro de Engenharia da Ford em Camaçari, onde originalmente seria produzido.
Os jornalistas que desconfiaram do lastimável estado de conservação das instalações da fábrica paulista, ouviram Lula dizer, quase 7 anos atrás, “que  o mercado interno está bombando para a indústria automobilística”.
Os incentivos do governo paulista terminaram em 2010 e então a Ford conseguiu ampliar por mais 10 anos os da Bahia, onde já prometeu, desde 2011, investir boa parte dos R$ 2,8 bilhões destinados ao Nordeste (R$ 600 milhões na fábrica da Troller, no Ceará).

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros













Mais acessadas

Seguidores

item