AMBEV DEIXA DE PRODUZIR CERVEJA PARA ENVASAR ÁGUA NO RIO GRANDE DO SUL

 

A Ambev anunciou nesta terça-feira (7) que interrompeu a produção de cervejas em Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre, para envasar água potável e doar à população do Rio Grande do Sul. A distribuição inicia nessa quarta-feira (8).

A unidade vai produzir cerca de 850 mil latas de 473 ml por dia. A ação é feita em parceria com a Ball, que disponibilizou os recipientes. Não há previsão para o fim da iniciativa.

A companhia precisou levar de São Paulo alguns maquinários para viabilizar a adaptação de sua fábrica.

Nos últimos dias, a empresa já doou mais de 560 mil de litros de água para o estado – sendo 185 mil litros para a população de 11 municípios afetados e 375 mil em caminhões-pipa para suprir a necessidade de água de hospitais da grande Porto Alegre.

A doação de água é um dos principais pedidos das autoridades diante dos impactos das chuvas nas estações de tratamento.

A Prefeitura de Porto Alegre determinou o racionamento de água e restringiu o uso do recurso no município enquanto a enchente que atinge a região impedir a regularização do serviço. O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial desta segunda-feira (6).

Mobilização de companhias

A ação da companhia se junta a outras iniciativas de companhias para auxiliar nos esforços para auxílio das vítimas.

Nesta segunda (6), o Carrefour anunciou o congelamento de preços em todas as suas lojas no Rio Grande do Sul. A medida vale para todas as bandeiras da companhia no estado: Carrefour, Atacadão, Sam’s Club e Nacional.

A Ambipar também disponibilizou ajuda com a mobilização de 68 especialistas em situações de emergência para colaborar. Além disso, a multinacional brasileira especializada em gestão ambiental disponibilizou dois helicópteros, 30 embarcações, 6 viaturas, 21 escavadeiras e 12 caminhões.

Já a Petrobras e outras companhias do setor encaminharam ajuda aos órgãos estatais que estão ajudando no resgate a vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, oferecendo gasolina e diesel para o corpo de bombeiros e embarcações para a Defesa Civil.

Mortes sobem para 95

O número de mortes confirmadas em decorrência das chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde a última semana passou de 90 para 95, segundo balanço divulgado pela Defesa Civil no início da noite desta terça-feira. Além dos óbitos, o estado contabiliza 372 pessoas feridas e 131 desaparecidas.

Ao todo, 1.443.950 pessoas foram afetadas. Dessas, 159.036 estão desalojadas e 48.799 foram para abrigos temporários.

As tempestades afetaram 401 municípios do Rio Grande do Sul. Segundo o governador Eduardo Leite (PSDB), o número é quatro vezes maior ao que foi registrado em setembro do ano passado, quando o estado foi atingido pela passagem de um ciclone extratropical. Na ocasião, 54 pessoas morreram.

Fonte: CNN

Postagens relacionadas

Rio Grande do Sul 3396671391881563342

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item