ONDA DE CALOR SUFOCANTE PODE ATINGIR A BAHIA? VEJA O QUE DIZEM OS ESPECIALISTAS

  



O outono começará a reger o Brasil a partir da quarta-feira (20), mas, antes de acabar, o verão proporcionou mais uma onda de calor no país. Durante o final de semana, cinco estados estiveram sob “grande perigo” por conta das temperaturas elevadas, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Diante de mais um extremo climático, a reportagem buscou especialistas para descobrir se a nova onda de calor pode chegar à Bahia nos próximos dias.


Se o calorão que faz nas cidades baianas já está sendo motivo de sufoco, a notícia é animadora. Não há previsão de que a nova onda de calor atinja o estado, pelo menos por enquanto. Isso porque, na meteorologia, tudo pode mudar a depender dos diversos fatores climáticos que ocorrem no planeta.

Dessa vez, a onda de calor que deixou Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul em alerta, é decorrente de um bloqueio atmosférico que impede a formação de chuvas. Sem precipitação, as temperaturas ficam mais elevadas, como explica Cléber Souza, meteorologista do Inmet.

“Uma alta pressão está atuando como um bloqueio atmosférico e isso impede que o sistema que causa chuva atue nessas regiões do país. Isso favorece a elevação das temperaturas acima da média por um longo período”, diz o especialista.

Apesar de não estar sob efeito da onda de calor, Salvador deve continuar a registrar altas temperaturas nos próximos dias. A sensação térmica pode chegar aos 40ºC, segundo Aldírio Almeida, meteorologista do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). "A umidade relativa do ar está muito elevada e a sensação de calor continua forte. A sensação térmica no período da tarde deve chegar aos 39ºC e 40ºC", diz.

A onda de calor acontece, segundo Inmet, quando há aumento de 5ºC na temperatura em relação à média mensal durante três dias seguidos. Só no ano passado, mais de 100 cidades baianas ficaram em estado de alerta por conta das máximas. Na segunda-feira (11) passada, a cidade de Cipó registrou a quarta maior temperatura do Brasil, com 38,4ºC.

Fonte: Página Revista

Postagens relacionadas

Região 5088994630746384565

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros

 












 


 



 

 


 


Mais acessadas

item