PAPA FRANCISCO PEDE PROIBIÇÃO A BARRIGA DE ALUGUEL


 Em discurso para diplomatas no Vaticano, o papa Francisco pediu a proibição da prática da “barriga de aluguel” em todo mundo. Na visão do líder religioso, o ato é uma violação da dignidade da mulher e da criança.

“Considero deplorável a prática da chamada maternidade de aluguel, que representa uma grave violação da dignidade da mulher e da criança, baseada na exploração de situações de necessidades materiais da mãe”, afirmou.

Vale lembrar que a prática já é considerada ilegal em muitos países. No Brasil, por exemplo, a comercialização da gravidez é proibida. Porém, uma mulher, que tenha vínculo sanguíneo com o casal, poder ser “doadora de útero”, de acordo com a constituição.

Em todos os outros casos, é obrigatório a autorização do Conselho Regional de Medicina.

Em sua fala, o pontífice também ressaltou a condenação do Vaticano a ideologia de gênero. Ele explicou que a teoria é baseada na crença de que um gênero é mais complexo e fluido do que as categorias binárias de masculino e feminino.

O papa classificou a ideologia como "extremamente perigosa, pois anula as diferenças em sua pretensão de tornar todos iguais".

Postagens relacionadas

Mundo 6561264520427698330

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros

 












 


 



 

 


 


Mais acessadas

item