GOVERNO MUDA REGRAS PARA GELADEIRAS E INDÚSTRIA PREVÊ PREÇO ACIMA DE R$ 5 MIL


 

No dia 8 deste mês, o Governo Federal publicou uma resolução que aprova o Programa de Metas para Refrigeradores e Congeladores Domésticos, estabelecendo índices de eficiência energética para geladeiras. De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), a iniciativa visa proporcionar economia na conta de energia elétrica dos consumidores, incentivando o uso de equipamentos mais eficientes.


Apesar das intenções do governo, a Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros) antecipa um possível aumento nos preços dos refrigeradores. Em especial, a entidade destaca a preocupação com a população de renda mais baixa, que pode enfrentar um “aumento abrupto” nos valores. Prevê-se que produtos de alto padrão, custando em média de 4 a 6 vezes o salário mínimo nacional, dominem o mercado, elevando o preço médio de uma geladeira para uma faixa entre R$ 5.280 e R$ 7.920.

A Eletros relata que o setor de linha branca está prestes a registrar o segundo pior desempenho em vendas dos últimos 10 anos, projetando a produção de 12,9 milhões de unidades de geladeiras, máquinas de lavar e fogões até o final do ano. Com 98% da produção desses eletrodomésticos no país, a entidade alerta que os novos índices de eficiência podem eliminar cerca de 83% dos refrigeradores atualmente comercializados no Brasil.

Fonte: Irecê Agora

Postagens relacionadas

Região 8030794228241618107

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item