VALOR DE GÁS DE COZINHA TEM AUMENTO DE 3,5% NA BAHIA, DIZ ACELEN



 O valor do gás de cozinha sofreu mais um aumento na Bahia, em outubro. Segundo a Acelen, que administra a Refinaria Mataripe, que abastece o estado, o aumento é de 3,5% do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para as distribuidoras, que vão repassar o valor para o consumidor final.

De acordo com o Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Bahia (Sindrevgas), quem comprar o botijão 13 kg terá que pagar R$ 2 a mais. O sindicato estima que o preço deve ficar entre R$ 130 em Salvador e região metropolitana.

Este é o quinto aumento do ano, de acordo com o sindicato, que estima que a Bahia tem cerca de seis mil revendedores. Além dos dois anúncios do mês de outubro, os aumentos na origem, sem incidência de aumento na distribuição, ocorreram nos meses de fevereiro, março e setembro.

Veja a cronologia do valor do gás da refinaria para os distribuidores em 2023:

Janeiro R$ 6,70 - (redução)
Fevereiro R$ 3,81 - (aumento)
Março R$ 1,95 - (aumento)
Abril R$ 4,28 - (redução)
R$ 7,11 (aumento de imposto)
Maio - R$ 5,31( redução)
Junho - R$ 4,11( redução)
Julho - R$ 2,89 (redução)
Agosto - (estabilidade)
Setembro - R$ 3,50 (aumento por dissídio coletivo da categoria)
Outubro - R$ 2,60 (aumento)
R$ 2 (aumento)

Em nota, a Acelen afirmou que os preços seguem critérios de mercado que levam em consideração variáveis como custo do petróleo, que é adquirido a preços internacionais, a cotação do dólar e o frete, podendo variar para cima ou para baixo.

Fonte: G1

Postagens relacionadas

Economia 5652770657922499184

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item