NETA QUE INCENDIOU CASA DE AVÓS ESTARIA DE CASTIGO POR PESQUISAR BRUXARIAS

 




A menina de 11 anos que ateou fogo no sofá da casa dos avós no último sábado (14) em
 Patos de Minas trancou o apartamento com os parentes dentro e foi brincar, segundo a Polícia Militar (PM).

Para escapar do incêndio, o casal precisou pular do quarto andar do prédio pela janela do apartamento e caiu em colchões colocados por vizinhos para amortecer a queda. De acordo com o boletim de ocorrência, o avô da criança contou que no sábado, ele e a esposa estavam deitados no quarto quando a menina entrou no cômodo e pediu para usar o celular. Porém, a avó não autorizou. Então, a menina disse que ia descer para o pátio para andar de patins. Um tempo depois, o avô acordou e sentiu cheiro de fumaça.

Ao tentar sair do quarto, ele percebeu que a porta estava trancada por fora. O morador conseguiu arrombá-la, mas não conseguiu deixar o cômodo por conta do fogo. Com isso, decidiu tirar a tela de proteção da janela para que ele e a esposa pudessem pular. A avó da menina foi levada ao Hospital Regional Antônio Dias (HRAD) com dores nas pernas e no peito. Já o marido, que pulou em seguida, não precisou ir ao hospital. Ainda segundo o avô da criança, ela costuma passar vários dias da semana na casa dele e tem histórico de mudanças de humor repentinas.

Ele disse ainda que a menina estava de castigo e foi proibida de usar o celular, mas não soube dizer se a punição foi o motivo de ela ter provocado o incêndio.

Aos policiais, a criança confirmou que colocou fogo no sofá, trancou o apartamento e desceu para andar de patins. Ela não foi levada à delegacia, por ser menor de idade, e ficou sob os cuidados da mãe.

Fonte: g1.globo.com

Postagens relacionadas

Brasil 3717521728127807962

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros

 












 


 



 

 


 


Mais acessadas

item