DIA DO NORDESTINO: ENTENDA HISTÓRIA DA COMEMORAÇÃO


 O dia 8 de outubro é celebrado como o dia do nordestino, uma data que homenageia a cultura, a história e a identidade de uma das regiões mais ricas e diversificadas do Brasil. O dia foi escolhido em memória do poeta popular, compositor e cantor Antônio Gonçalves da Silva, conhecido como Patativa do Assaré, que nasceu nessa data em 1909, no Ceará.

O nordeste brasileiro é formado por nove estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Juntos, eles somam cerca de 57 milhões de habitantes, o que representa quase 30% da população nacional. O nordeste é também uma região de contrastes, que abriga desde o semiárido sertanejo até o litoral paradisíaco, passando pelo agreste e pela zona da mata.

A cultura nordestina é marcada pela influência de diversos povos, como os indígenas, os africanos, os portugueses e os holandeses. Essa mistura se reflete na música, na literatura, na culinária, no folclore, na religiosidade e nas artes em geral. Alguns dos principais símbolos da cultura nordestina são o frevo, o forró, o baião, a literatura de cordel, o maracatu, a capoeira, o candomblé, o bumba meu boi, o carnaval e as festas juninas.

O dia do nordestino é uma oportunidade de reconhecer e valorizar a contribuição dessa região para o desenvolvimento social, econômico e cultural do Brasil. É também uma forma de combater os preconceitos e estereótipos que ainda existem em relação ao povo nordestino, que muitas vezes é vítima de discriminação e violência. O nordeste é um patrimônio brasileiro que merece respeito e orgulho.

Postagens relacionadas

Região 2413333953118762409

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item