BRASILEIRO QUE SUMIU APÓS ATAQUE DO HAMAS EM RAVE EM ISRAEL É ENCONTRADO MORTO

 


Ranani Glazer, 24, chegou a se esconder em um bunker para fugir dos terroristas do Hamas


Ranani Glazer, um dos três brasileiros desaparecidos, quando o Hamas lançou a maior ofensiva dos últimos 50 anos contra Israel, foi encontrado morto pelo Exército do país. A informação foi confirmada pelo Jornal da Record. O Itamaraty publicou em seu site, às 8h02, uma nota oficial sobre o assunto. O texto diz: "O Governo brasileiro tomou conhecimento, com profundo pesar, do falecimento do cidadão brasileiro Ranani Nidejelski Glazer, natural do Rio Grande do Sul, vítima dos atentados ocorridos no último dia 7 de outubro, em Israel. Ao solidarizar-se com a família, amigas e amigos de Ranani, o Governo brasileiro reitera seu absoluto repúdio a todos os atos de violência, sobretudo contra civis".Um dos ataques conduzidos por militantes do grupo terrorista Hamas no sábado foi ao festival de música eletrônica Universo Paralello, realizado em Re'im, a cerca de 2 km da Faixa de Gaza. Os terroristas invadiram o local com paragliders motorizados e abriram fogo contra milhares de jovens que se divertiam.

Após o atentado, o Itamaraty disse que três brasileiros que vivem em Israel haviam desaparecido. Um deles era Ranani. O jovem morava havia sete anos em Israel e tinha servido o Exército do país. Ele dividia um apartamento com três brasileiros, um israelense e um colombiano. Glazer chegou a postar vídeos do festival de música em que estava antes de desaparecer. Nas imagens, ele mostrava um pouco mais da viagem que fazia pelo país. Agora há ainda dois brasileiros desaparecidos após os ataques em Israel. Uma delas é Bruna Valeanu, que também estava na rave. O nome da outra pessoa não foi divulgado.

Fonte: R7 Notícias

Postagens relacionadas

ISRAEL 330180925108439088

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item