Criança morre após passar um ano com prego no pulmão na Bahia, diz família

 


 Um menino de 3 anos morreu após passar um ano com um prego no pulmão sem que o objeto fosse identificado em diversas consultas no Hospital Municipal de Canavieiras (BA).

Segundo a família de Cauan Araújo Conceição, o menino foi levado à unidade de saúde pela primeira vez em junho de 2021 após "se engasgar" com um objeto estranho, até então identificado.

"Levei para o hospital, na mesma noite. Chegando lá, o médico olhou e falou que não tinha nada na garganta da criança. Nós voltamos", disse o pai do menino, Cosme Conceição, em entrevista à TV Bahia.

Segundo os pais, depois da primeira visita ao hospital, o menino continuou a passar mal e deu entrada na unidade de saúde outras vezes.

"Ele ficava sentindo febre e tossindo demais. De um tempo para cá a dor foi começando a chegar. Uma dor do lado direito dele, ele chegava a andar torto, para o lado", afirmou a mãe da criança, Clarice Araújo, ao mesmo canal.

Em uma das visitas ao hospital, uma médica chegou a falar que a criança estava com asma.

Desconfiados, os pais do menino resolveram fazer um raio-x em uma unidade de saúde particular. O exame logo detectou a presença de um prego no organismo do garoto. Ele foi encaminhado ao Hospital Geral do Estado, em Salvador, passou por uma cirurgia para a retirada do objeto e ficou dois dias internado na UTI do local. Ele não resistiu e morreu com um quadro de broncopneumonia após ter os dois pulmões perfurados pelo prego.

O UOL entrou em contato com a prefeitura de Canavieiras em busca de um posicionamento sobre a acusação de negligência feita pela família, mas não recebeu retorno sobre o assunto até o momento.

À TV Bahia, o município informou que a família da criança só buscou atendimento no dia 27 de junho. Segundo o canal, porém, o casal tem comprovação de que foi até o local anteriormente. O caso está sob investigação.

Fonte: UOL 

Postagens relacionadas

Região 6127253959656865226

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











Mais acessadas

item