Gentio do Ouro: Professores aceitam proposta de 15% de reajuste e encerram greve

 


Os professores da rede municipal de ensino de Gentio do Ouro decidiram encerrar à greve, deflagrada em 12 de abril. 

A decisão foi tomada em assembleia virtual na tarde da última terça-feira (4), a categoria acatou a proposta salarial apresentada pela Prefeitura.

A condição aceita pelos educadores foi de 15% de reajuste linear - abaixo do novo piso de 33,24% estipulado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Os educadores reivindicavam o percentual de 33,24%. O acordo também não contempla o retroativo dos meses anteriores.

Segundo a categoria, o ingresso com ação judicial para eventualmente questionar o percentual da diferença (18,24%) ou valor retroativo, será facultativo a cada servidor.

A decisão foi comunicada pelo Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv) em suas redes sociais.

Confira na íntegra nota do Sindserv

Depois de todas as tentativas possíveis de fazer com que a Lei seja cumprida, não deveria nem haver requerimento. A Lei é aprovada automaticamente deveria ser cumprida.

Depois de árduas negociações, expectativas e bastante diálogo, hoje tivemos o alvorecer de um novo dia de conquistas para todos os professores de Gentio do Ouro.

Em assembleia virtual, reunimos para tratarmos do acordo firmado entre os profissionais da educação  e o poder executivo, conseguimos ajustar os caminhos para o fim da greve e para a conquista do nosso direito.

A força e dedicação de ambas as partes consagrou um momento histórico e especial na vida dos professores e sua luta intermitente para o bem de toda a população gentiourense.

Se você acredita em Deus, se você acredita no seu potencial, se você acredita que uma classe unida jamais será vencida, então tome posse da vitória!

Viva a liberdade! Viva a Luta!

Fonte: Portal Meio Minuto.

Postagens relacionadas

Região 1594686452573276007

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











Mais acessadas

Seguidores

item