Vacinação contra Covid-19 em Salvador começa na próxima quarta, anuncia Bruno Reis

 

Vacinação contra Covid-19 em Salvador começa na próxima quarta, anuncia Bruno Reis
Foto: Divulgação/ BioNTech

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), afirmou nesta quinta-feira (14) que a vacinação contra Covid-19 na capital baiana começa na próxima quarta (20), às 10h. A informação foi encaminhada à imprensa pela Secretaria Municipal de Comunicação (Secom).

 

O prefeito participou de reunião nesta manhã com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que informou que, caso a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprove o uso emergencial das vacinas Coronavac e Oxford no próximo domingo (17), a campanha de imunização pode começar simultaneamente, em todo o país, na quarta. 

 

Em áudio divulgado pela Secom, Bruno detalhou o que foi dito no encontro com Pazuello. "Sendo aprovado [o registro emergencial], essas vacinas já estão no Brasil, serão distribuídas para os estados na segunda. Na terça-feira, o Ministério da Saúde faria um ato, em Brasília, anunciando que, na quarta-feira, de forma simultânea, em todo o Brasil, iniciaria o processo de vacinação", explicou o prefeito.

 

Caso a aprovação emergencial aconteça, o governo federal terá 8 milhões de doses para iniciar a campanha. Ela será distribuída proporcionalmente entre os três grupos prioritários da primeira fase do plano nacional de imunização: idosos com mais de 75 anos, indígenas aldeados, quilombolas e profissionais de saúde. 

 

"Naturalmente, Salvador, que tem como público prioritário um universo de 572 mil pessoas, receberia as doses nessa proporção, na divisão do total. Salvador está preparada para iniciar essa vacinação na quarta-feira, às 10h. A depender da quantidade, no próprio dia 20, nós possamos aplicar o que foi disponibilizado. Temos capacidade de atender universo de 100 mil pessoas por dia na cidade. Temos a logística montada", destacou também o prefeito.

 

Bruno disse também que a prefeitura vai divulgar, nos próximos dias, quais serão os locais de vacinação na cidade. Além da Coronavac e da vacina de Oxford, que serão adquiridas pelo governo federal e distribuída a estados e municípios, a gestão municipal está em negociação para compras de doses de outros fabricantes. Segundo o plano municipal de imunização, a vacinação em Salvador terá quatro fases. 

 

Na primeira fase, serão vacinados os trabalhdores da saúde, idosos com 75 anos ou mais e aqueles com 60 anos ou que vivem em instituições de longa permanência, como asilos. Nesta etapa, também serão imunizados os indígenas, aldeados e os povos de comunidades ribeirinhas. 

 

Na segunda fase, receberão a vacina pessoas de 60 a 70 anos. Já na terceira etapa do plano municipal de vacinação contra, a imunização tem como foco as pessoas com comorbidades, os transplantados e pessoas com obesidade. Na quarta etapa, entram na prioridade os trabalhadores da educação, pessoas com deficiência, membros das forças de salvamento, funcionarios sistema prisional. Há possibilidade de grupos da fase 4 serem adiantados e incluídos na fase 3, como os profissionais da educação.


Fonte: Bahia Notícias

Postagens relacionadas

Publicidade 6191957771093406019

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











Mais acessadas

Seguidores

item