Fogo destruiu 23% do Pantanal entre janeiro e setembro, aponta monitoramento da UFRJ

 Áreas queimadas aumentaram122% na comparação com o mesmo período do ano passado. Fogo atingiu quase todas as unidades de conservação e terras indígenas da região.


O fogo no Pantanal em 2020 já destruiu 3.461 hectares, o equivalente a 23% do bioma, até 27 de setembro. No mesmo período do ano passado, as queimadas destruíram 1.559 hectares, ou seja, o aumento na atual temporada de queimadas foi de 122%.

Os dados são do Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais (Lasa), do Departamento de Meteorologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que estima em tempo quase real as áreas queimadas no Pantanal.

De janeiro a 27 de setembro de 2020, segundo o Lasa, foram consumidos no Pantanal pelo fogo:

  • Total de 3.461 hectares, cerca de 23% de todo o Pantanal
  • 2.053 hectares do Pantanal no Mato Grosso
  • 1.408 hectares do Pantanal no Mato Grosso do Sul

A professora do Lasa, Renata Libonati, responsável pelo monitoramento, explica que o fogo avançou nos últimos 60 dias no Pantanal e já destruiu grande parte de reservas naturais e terras indígenas.


"Houve uma evolução significativa da área queimada nestes últimos dias, principalmente na região da Serra do Amolar, no Pantanal norte, alcançando o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense e algumas RPPN [Reserva Particular do Patrimônio Natural]", aponta Libonati.

"Essas queimadas iniciaram fora do Parque Nacional e das Reserva Particular do Patrimônio Natural, mas avançaram para essas localidades", explica.


 Fotos a segui:









Fonte: https://g1.globo.com/natureza/noticia/2020/09/29/fogo-destruiu-23percent-do-pantanal-entre-janeiro-e-setembro-aponta-monitoramento-da-ufrj.ghtml

Postagens relacionadas

Urgente 4671644507893600494

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











Mais acessadas

Seguidores

item