Prefeitos terao de cortar mais de 10% da folha de pagamento para se adequar à LRF



O prefeito Elmo Vaz (PSB), de Irecê, reuniu os vereadores da sua base de apoio, esta semana, para avaliar a folha de pagamento dos servidores municipais, de efetivos a contratados. Foi decidido que além de não atender mais, sequer a cota prevista de contratos, os secretários terão que demitir. “Não podemos ultrapassar os limites prudenciais estabelecidos pela lei. Não vamos entrar no rol das gestões criminalizadas por descumprimento das normas legais”, disse o prefeito.
Assim como ele, muitos outros gestores estão seguindo a mesma orientação. Alguns dias atrás, o prefeito de Ipupiara, Ascir Leite Santos (PP), comunicou em sua página pessoal, que não tinha como atender os pedidos de empregos que vinham de todos os segmentos sociais.
“Atualmente temos 810 servidores. Não temos mais como contratar ninguém”, disse Ascir, salientando que vai manter as condições de trabalho adequadas para o bom desempenho dos serviços públicos e o pagamento sempre atualizado e, quando possível, antecipado. “Porém contratar, além do que o município precisa e pode pagar, na conformidade da lei, não farei”.
Ascir compreende que não adianta contratar e não pagar, e o que é pior, responder processo judicial por crime de improbidade administrativa, o que prejudicaria a todos.


Postagens relacionadas

Região 2994660717452518086

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros













Mais acessadas

Seguidores

item