30 anos da morte de Ayrton Senna: piloto deixou legado para o mundo do esporte

 

No dia 1º de maio de 1994, há exatos 26 anos, o astro da Fórmula 1, Ayrton Senna, falecia no GP de San Marino, em Ímola. Na sétima volta da corrida, o brasileiro não conseguiu realizar curva, perdeu o controle e bateu no muro com uma velocidade maior de 200 km/h. Imediatamente, os paramédicos foram chamados, e o brasileiro não esboçava nenhuma reação, o que preocupou todos os amantes do esporte. Assim, foi levado para o hospital.

Todos os médicos fizeram o que puderam fazer para evitar, mas sem sucesso. As funções vitais e os batimentos cardíacos do piloto se encerraram às 13h40 (de Brasília), no Hospital Maggiore, em Bolonha. Senna morreu aos 34 anos de idade.

Segundo relatos, Ayrton Senna não estava à vontade para correr. Isto porque no fim de semana do GP, disputado no circuito de Ímola, já estava carregado por causa de um acidente grave de Rubens Barrichello, nos treinos de sexta-feira, e da morte do austríaco Roland Ratzenberger no sábado. No domingo, 1º de maio, foi a vez de Senna.

Fonte: Esporte Ig

Postagens relacionadas

Brasil 5083517653725583414

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Diamantina FM

Visualizações de página

Parceiros











 


 



 

 


Mais acessadas

item